Comunicado O Campeão da Notícia – 05.12.12.

Comunicado

Procon lança campanha de conscientização de uso do Crédito Consignado

AMÁBILE ZANANDREA STEDILE RECEBE TÍTULO DE CIDADàCAXIENSE

amabilestedilecidadacaxienseA Câmara de Vereadores de Caxias do Sul concedeu, no dia 4 de dezembro, o título de Cidadã Caxiense à senhora Amábile Zanandrea Stedile, pelos relevantes serviços prestados à comunidade caxiense. Viúva de Francisco Stedile, fundador da Fras-le, Agrale e Lavrale, entre outras empresas que compõem o Grupo Francisco Stedile, Amábile sempre esteve ao lado do marido, sendo forte incentivadora em suas decisões. Sua maior contribuição às empresas de Stedile, no entanto, esteve voltada à assistência social e a constantes melhorias nas condições de trabalho dos funcionários. Amábile também teve forte participação em entidades sociais e benemerentes de Caxias.
 
A proposta de Decreto Legislativo do título, de autoria do vereador Francisco de Assis Spiandorello (PSDB), foi aprovada por unanimidade. “Muitos foram os feitos da senhora Amábile. A liderança, as conquistas, as dificuldades e a superação. Mas o que merece destaque, neste momento de celebração, é a sua personalidade, sua ética, sua verdade e o seu respeito”, argumenta o vereador.
Confira abaixo perfil da homenageada.
 
Amábile Zanandrea Stedile     
 Amábile Zanandrea Stedile nasceu no dia 28 de novembro de 1915, em Flores da Cunha, àquela época ainda chamada de Nova Trento. Seus pais, Ângelo Zanandrea e Elvira Boff Zanandrea, moravam distantes da sede da localidade, o que lhes obrigava a trabalhar duro na terra. E foi na lida da colônia, plantando e colhendo, que Amábile aprendeu o valor do trabalho e da humildade, que preza com solidez até hoje.
 
Amábile cursou o primário até a terceira série, mas aprendeu muito com os pais e avós, o que lhe propiciou uma educação exemplar e diferenciada, baseada no respeito e nas experiências de vida. Até os 12 anos, só sabia falar no dialeto italiano da região de Beluno, não pronunciava uma palavra em português. Mas depois se alfabetizou em português e, com 15 anos, estava habilitada até a lecionar na escola da colônia.
 
Casou-se em 7 de julho de 1940, aos 25 anos, depois de um namoro que durou oito meses e exigiu de seu marido, Francisco Stedile, muitos quilômetros de viagens no lombo de uma mula. Naquela época, Francisco morava em São Marcos e ia visitá-la todos os finais de semana. Amábile e Francisco tiveram cinco filhos (Alfredo, Dolaimes, Vera, Carlos e Franco), 12 netos e 10 bisnetos. “O maior bem que passei a todos eles foi a educação”, comenta hoje, aos 97 anos e com seus olhos azuis ainda muito brilhantes.
 
Amábile foi forte apoiadora dos empreendimentos do marido, fundador do Grupo Francisco Stedile e um dos mais respeitados empresários da história de Caxias do Sul. Além de cuidar da casa e dos filhos, tinha outra função fundamental para o desenvolvimento da família: a de economizar. Enquanto Francisco dava os primeiros passos empreendedores, comprando um caminhão com quatro mil réis emprestados, Amábile conduzia as despesas da família com muita atenção. Com o tempo, os negócios foram tomando forma e exigindo trabalhos extras de Amábile, como dirigir de São Paulo a Caxias, por estradas de chão, para ajudar Francisco a trazer caminhões para revender em Caxias.
 
Tempos depois, Francisco retornou de uma viagem à Itália com o objetivo de abrir uma fábrica de lonas de freios automotores, o que originou a Fras-le. Amábile, que dividia o tempo atendendo na loja Casa das Borrachas, então localizada na Rua Sinimbu, 1.010, também ajudava a embalar lonas de freios, inclusive no turno da noite.
 
Foi com o incentivo de Amábile que Francisco deu o que seria um grande passo, a aquisição da Agrisa, hoje a cinquentenária Agrale S.A.. A partir de então, Amábile desenvolveu papel essencial no andamento da empresa, com funções que iam desde encaminhar assistência médica aos primeiros funcionários da empresa até acompanhar o marido em grandes eventos sociais e empresarias.
 
No início da década de 1970, e então com a Agrale a pleno vapor, Amábile começou a desempenhar ativamente seu papel social e de caráter comunitário em Caxias do Sul, ajudando a fundar o Rotary Cinquentenário e colaborando com diversas entidades beneficentes.
 
Dona Amábile é hoje exemplo de mulher forte, empreendedora e corajosa que, junto com o marido, falecido há seis anos, ajudou a levar o nome de Caxias do Sul pelo Brasil e pelo mundo. Mas é também exemplo de uma mulher doce, sensível, aficionada por livros e romances e, principalmente, companheira, seja nas rodas de carteado com as amigas ou com os seus familiares. O segredo para suas conquistas, no entanto, Amábile não consegue esconder, mesmo com a sabedoria que colheu com a vida: a humildade.

Reclame antes: ALÔ CAXIAS NÃO ATENDERÁ NESTE SÁBADO (08)

A Prefeitura de Caxias do Sul, por meio da Secretaria Municipal de Recursos Humanos e Logística, informa que neste sábado, dia 08 dezembro, o Alô Caxias não atenderá, pois será realizada manutenção interna. O serviço será normalizado na segunda-feira.image description

 

INSCRIÇÕES PARA RÚSTICA DA GUARDA MUNICIPAL SÃO PR ORROGADAS ATÉ O MEIO DIA DESTA QUINTA-FEIRA

FLAYERA Prefeitura de Caxias do Sul, por meio da Secretaria de Segurança Pública e Proteção Social informa que as inscrições para a Rústica da Guarda Municipal foram prorrogadas até esta quinta-feira, dia 06 de dezembro, às 12h. A competição ocorre no dia 09 de dezembro, às 09h. A largada e a chegada serão em frente a concessionária Jac Motors, na Avenida Ruben Bento Alves nº 1098, próximo a rua Atílio Andreazza.

 Os interessados devem se inscrever na Secretaria de Esporte e Lazer (rua Vinte de Setembro, nº 2721), com um documento de identidade com foto. Menores de 18 anos devem ter sua inscrição assinada por um responsável.image description

V MOSTRA DE ATENÇÃO À SAÚDE OCORRE NESTE SÁBADO

Cartaz A3 CompletoO evento visa apresentar os programas e serviços oferecidos aos usuários do SUS
A Prefeitura de Caxias do Sul, por meio da Secretaria Municipal da Saúde realiza neste sábado, dia 08 de dezembro, a V Mostra de Experiências Exitosas de Atenção à Saúde. O evento, que é destinado aos usuários do SUS, servidores municipais e profissionais da área da saúde, ocorre das 08h30min às 16h, no Complexo Clélia Manfro (rua Padre Tiago Alberioni, nº 290, bairro São Ciro).
A ação objetiva divulgar à comunidade os trabalhos e serviços realizados na rede de saúde de Caxias do Sul. Nesta edição, a Mostra, que tem como tema “Inovações em Saúde: Práticas e Desafios”, conta com 110 inscrições. Os projetos desempenhados nas Unidades Básicas de Saúde, Centro Especializado em Saúde, Saúde Mental, Pronto Atendimento 24 horas, Vigilâncias, Central de Diagnóstico, Hemocentro Regional, além de expostos, serão compilados no livro “V Mostra de Experiências Exitosas de Atenção à Saúde – Inovações em Saúde: Práticas e Desafios”.
 
Segundo a Secretária Municipal da Saúde, Maria do Rosário Antoniazzi, a Mostra visa valorizar o trabalho realizado pelas equipes de saúde, como também o relacionamento entre os usuários e os profissionais ligados à atenção básica e estratégia da saúde da família. “É importante que a comunidade conheça o trabalho realizado nos diferentes serviços de saúde do município e, também, interaja com os profissionais. Além disso, é uma ótima oportunidade para que os participantes aprendam novas habilidades”, avalia.
 
Os presentes ainda terão a oportunidade de conferir e participar de 22 oficinas gratuitas, como reike, danças, automaquiagem e técnicas de teatro.image description

3º MUSIPARQUE OCORRE NESTE SÁBADO NO PARQUE DOS MACAQUINHOS

Velho HippieIntegrando a programação do Natal Brilha Caxias 2012, ocorre neste sábado, dia 08 de dezembro, no Parque Getúlio Vargas – Macaquinhos, a terceira edição do Musiparque. Em caso de chuva, o evento será transferido para o Zarabatana Café – Centro de Cultura Ordovás. Entrada franca.
 
O Musiparque busca valorizar e divulgar o trabalho produzido por artistas caxienses que tiveram projetos contemplados com o Fundoprocultura e Financiarte. Neste ano abre para uma banda de fora de Caxias, incentivando a música autoral. Nesta edição, participam: Slow Bricker, às 17h; Electric Blues Explosion, às 18h; Banda Velho Hippie, às 19h; Grandfúria, às 20h, encerrando com Tonho Crocco, às 21h.
 
Slow Bricker:
Com forte influência dos anos 90, a banda buscou inspiração de grupos como Alice in Chains, Queens of Stone Age, Pixies. Iniciou suas atividades em 2009, e atualmente mantém a sua formação original Lucas Lizot (vocalista e guitarrista), Rafael Ritter (baixista) e Jonas Bustince (bateria). O ‘power trio’ mistura estilos de rock alternativo, stoner rock, punk, hardcore, elementos do rock progressivo e noise. A produção do “My Answer to Everything”, primeiro CD da banda, é assinada por Roger Fingle. A gravação, masterização e mixagem foram feitas no Estúdio Nitro. Assina a arte gráfica o próprio vocalista Lucas Lizot, e as fotos são de Cristiano Dalla Rosa e Daniel Schüür.
 
Electric Blues Explosion:
Projeto idealizado pelo guitarrista, vocalista e compositor Rodrigo Campagnolo no final de 2006 que originalmente começou como um power trio, tocando releituras de clássicos do Blues e Southern rock como Alman Brothers, B.B. King, Gary Moore, Eric Clapton, Buddy Guy, Lynyrd Skynyrd e também artistas mais contemporâneos como Joe Bonamassa, Jonny Lang, Pride and Glory e Gov’t Mule – sempre com uma pegada mais enérgica, característica da formação musical e das influências do guitarrista.
A banda tem no seu line up atual além de Campagnolo nos vocais e guitarra, Graziano Anzolin (teclados), Nino Henz (baixo) e César de Campos (bateria).
O quarteto vêm trabalhando há um ano o cd Draw The Line (lançado no final de 2011) e prepara um novo cd e um DVD ao vivo para 2013.
 
Banda Velho Hippie:
Formada em 2003, é composta por Vinícius Lazzari (vocal e guitarra), Narada (bateria), Guilherme Rosset (percussão), Felipe Balen (teclados) e Tiago Frank (baixo). Desde a sua criação, a banda trabalha exclusivamente com um repertório próprio inspirado nas batidas características dos anos 60 e 70. O grupo apresenta um estilo acentuado, inspirado em grandes nomes como Beatles, Os Mutantes, Deep Purple e Pink Floyd. O resultado são músicas com elaborados e minuciosos arranjos. O lirismo poético é o eixo comum entre o “Caminho das Nuvens” (2009), primeiro CD da banda, e o “Flor de Lilás”, previsto para 2013.
 
Grandfúria:
É um duo formado por Vinícius Lima (voz e guitarra) e Carlos Balbinot (guitarra e produção), cuja maior pretensão é a música feita sem compromisso com esteriótipos e o compartilhamento livre da cultura digital, tendo apenas o rock como fio condutor. O projeto foi contemplado pelo Financiarte em 2010, como o primeiro álbum exclusivamente digital e segue com divulgação no site http://www.grandfuria.com e nas redes sociais. Neste ano, o duo lançou uma tiragem especial de seu trabalho com fitas cassete e um videoclipe independente para a canção “Faz-me”. As músicas da Grandfúria podem ser encontradas no link: soundcloud.com/grandfuria. Acesse: http://www.grandfuria.com.
 
Tonho Crocco:
Com grande bagagem musical, o ex-vocalista da antiga Ultramen gravou um disco como vocalista do De Falla ‘’TOP HITS’’ de 1996 (Cogumelo Records), pegou a estrada fazendo quase 500 shows com a Black Master (1993-1997), foi um dos fundadores da banda Casa da Sogra (pioneira no resgate do samba rock gaúcho em 2001), criou a big band Tonho Crocco e Brazilian Sound Machine (2005), participou de coletâneas, CDs e DVDs de artistas como Nando Reis, Papas da Língua, Nitro Di, Da Guedes, Bataclã FC entre outras inúmeras atividades.
 
Em 2009, Tonho lançou seu primeiro registro solo, o EP Teto Solar. São cinco músicas inéditas gravadas no estúdio ZL Music (Manhattan) com produção do londrino Simon Katz (produtor/guitarrista Gorillaz e Jamiroquai) e do brasileiro Zé Luís Oliveira.
 
Em Londres se apresentou no Favela Chic, junto com o gaúcho Adriano Trindade e o multi instrumentista Ulisses Bezerra (filho de Bezerra da Silva), no South Bank Centre, nos bares Barraco, Raízes (com canja do ex Ultramen Luciano A.K.A. Peru), Spiritual (onde tocou três vezes) e no lendário Ronnie Scott’s Jazz Club junto com Fabio Allman, vocalista do Monobloco. Em uma noite memorável no Favela Chic Paris (até a rapper/atriz Queen Latifah estava na plateia) dividiu o palco com Adriano Trindade e Bertrand Doussain (fundador do Farofa Carioca).
 
Em 2011 Tonho Crocco lançou seu primeiro álbum, em CD e Vinil, ”O Lado Brilhante da Lua”, gravado e mixado no Estúdio Mu Bemol em Porto Alegre por Gilberto Ribeiro, masterizado por Júlio Porto (guitarrista da Ultramen) no Abbey Road Studio/London e produzido por MoMo King.
 
O disco já teve shows de pré lançamento no RS e foi lançado com ótima repercussão no RJ, SP e Porto Alegre. Vem sendo recibo muito bem no centro do país como comprovam as críticas das revistas Veja (1º/6/11) e Bravo (maio/11). Acesse: http://www.tonhocrocco.com e http://www.centraldebandas.com.br.

Economia de Caxias do Sul cresce 8,7% em outubro

Números do desempenho foram divulgados pela CIC e CDL nesta terça-feira

Apesar do crescimento de 8,7% em outubro sobre setembro, a economia de Caxias do Sul não deve recuperar até o final do ano as perdas que vem acumulando nos últimos 12 meses. Em relação a novembro do ano passado, a queda no desempenho econômico do município é de 2,1%, enquanto no acumulado de janeiro a outubro de 2012 esse índice é negativo em 1,6%. Já o acumulado de 12 meses mostra uma queda de 1,1%. Os números do desempenho da economia foram divulgados nesta terça-feira (4) pela Câmara de Indústria, Comércio e Serviços de Caxias do Sul (CIC) e Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL).

 O comportamento de indústria, comércio e serviços em outubro, em relação a setembro, foi positivo. A indústria cresceu 8,6%, o comércio, 16,2% e os serviços, 4,5%. No acumulado do ano, a indústria apresentou o pior desempenho, com uma queda de 5,4%, enquanto o comércio cresceu 6,6% e os serviços, 0,5%. Nos últimos 12 meses, a indústria repete o comportamento de queda, com 4,7%, e o comércio e os serviços de alta, com 4,4% e 2,3% de crescimento, respectivamente. “2012 não foi um ano bom para a economia de Caxias”, afirmou o diretor de Economia, Finanças e Estatística da CIC Alexander Messias.

 “Apesar de ser difícil a recuperação da economia até o final do ano, espera-se um último trimestre melhor do que os trimestres anteriores, o que, em termos estatísticos, poderá levar a uma situação próxima do equilíbrio“, observou o diretor de Economia, Finanças e Estatística da CIC Mauro Corsetti. Segundo ele, o fato positivo é que a economia local está operando num elevado patamar de atividade econômica.

 No mercado de trabalho, constatou-se a geração de 43 novos postos de trabalho em Caxias do Sul no mês de outubro, fazendo com que a variação em relação a setembro fosse positiva em 0,02%. No acumulado do ano de 2012, foram 3.804 novos empregos. Nos últimos 12 meses, ou seja, de novembro de 2011 a outubro de 2012, foram 1.352 vagas a mais criadas em Caxias do Sul. Até outubro, o município totalizava 182.758 empregos formais.

 O levantamento mostra ainda que o saldo do comércio internacional caxiense em outubro cresceu 72% em outubro na comparação com setembro. Também são positivos os desempenhos no acumulado do ano (44,8%), em 12 meses (33,7%) e em relação a novembro de 2011 (52,5%). Os principais destinos das exportações de Caxias do Sul são Chile, Estados Unidos, Argentina, México, Peru, Colômbia, Países Baixos, África do Sul, Uruguai, Venezuela e China. Já as importações se originam da China, Itália, Estados Unidos, Argentina, Alemanha, Japão, Taiwan, Espanha, México e Índia.

 Também participaram da coletiva o presidente da CIC, Carlos Heinen, o diretor de Economia, Finanças e Estatística da CIC Carlos Zignani e a assessora de Economia e Estatística da CDL, Maria Carolina Gullo.image description