AMÁBILE ZANANDREA STEDILE RECEBE TÍTULO DE CIDADàCAXIENSE

amabilestedilecidadacaxienseA Câmara de Vereadores de Caxias do Sul concedeu, no dia 4 de dezembro, o título de Cidadã Caxiense à senhora Amábile Zanandrea Stedile, pelos relevantes serviços prestados à comunidade caxiense. Viúva de Francisco Stedile, fundador da Fras-le, Agrale e Lavrale, entre outras empresas que compõem o Grupo Francisco Stedile, Amábile sempre esteve ao lado do marido, sendo forte incentivadora em suas decisões. Sua maior contribuição às empresas de Stedile, no entanto, esteve voltada à assistência social e a constantes melhorias nas condições de trabalho dos funcionários. Amábile também teve forte participação em entidades sociais e benemerentes de Caxias.
 
A proposta de Decreto Legislativo do título, de autoria do vereador Francisco de Assis Spiandorello (PSDB), foi aprovada por unanimidade. “Muitos foram os feitos da senhora Amábile. A liderança, as conquistas, as dificuldades e a superação. Mas o que merece destaque, neste momento de celebração, é a sua personalidade, sua ética, sua verdade e o seu respeito”, argumenta o vereador.
Confira abaixo perfil da homenageada.
 
Amábile Zanandrea Stedile     
 Amábile Zanandrea Stedile nasceu no dia 28 de novembro de 1915, em Flores da Cunha, àquela época ainda chamada de Nova Trento. Seus pais, Ângelo Zanandrea e Elvira Boff Zanandrea, moravam distantes da sede da localidade, o que lhes obrigava a trabalhar duro na terra. E foi na lida da colônia, plantando e colhendo, que Amábile aprendeu o valor do trabalho e da humildade, que preza com solidez até hoje.
 
Amábile cursou o primário até a terceira série, mas aprendeu muito com os pais e avós, o que lhe propiciou uma educação exemplar e diferenciada, baseada no respeito e nas experiências de vida. Até os 12 anos, só sabia falar no dialeto italiano da região de Beluno, não pronunciava uma palavra em português. Mas depois se alfabetizou em português e, com 15 anos, estava habilitada até a lecionar na escola da colônia.
 
Casou-se em 7 de julho de 1940, aos 25 anos, depois de um namoro que durou oito meses e exigiu de seu marido, Francisco Stedile, muitos quilômetros de viagens no lombo de uma mula. Naquela época, Francisco morava em São Marcos e ia visitá-la todos os finais de semana. Amábile e Francisco tiveram cinco filhos (Alfredo, Dolaimes, Vera, Carlos e Franco), 12 netos e 10 bisnetos. “O maior bem que passei a todos eles foi a educação”, comenta hoje, aos 97 anos e com seus olhos azuis ainda muito brilhantes.
 
Amábile foi forte apoiadora dos empreendimentos do marido, fundador do Grupo Francisco Stedile e um dos mais respeitados empresários da história de Caxias do Sul. Além de cuidar da casa e dos filhos, tinha outra função fundamental para o desenvolvimento da família: a de economizar. Enquanto Francisco dava os primeiros passos empreendedores, comprando um caminhão com quatro mil réis emprestados, Amábile conduzia as despesas da família com muita atenção. Com o tempo, os negócios foram tomando forma e exigindo trabalhos extras de Amábile, como dirigir de São Paulo a Caxias, por estradas de chão, para ajudar Francisco a trazer caminhões para revender em Caxias.
 
Tempos depois, Francisco retornou de uma viagem à Itália com o objetivo de abrir uma fábrica de lonas de freios automotores, o que originou a Fras-le. Amábile, que dividia o tempo atendendo na loja Casa das Borrachas, então localizada na Rua Sinimbu, 1.010, também ajudava a embalar lonas de freios, inclusive no turno da noite.
 
Foi com o incentivo de Amábile que Francisco deu o que seria um grande passo, a aquisição da Agrisa, hoje a cinquentenária Agrale S.A.. A partir de então, Amábile desenvolveu papel essencial no andamento da empresa, com funções que iam desde encaminhar assistência médica aos primeiros funcionários da empresa até acompanhar o marido em grandes eventos sociais e empresarias.
 
No início da década de 1970, e então com a Agrale a pleno vapor, Amábile começou a desempenhar ativamente seu papel social e de caráter comunitário em Caxias do Sul, ajudando a fundar o Rotary Cinquentenário e colaborando com diversas entidades beneficentes.
 
Dona Amábile é hoje exemplo de mulher forte, empreendedora e corajosa que, junto com o marido, falecido há seis anos, ajudou a levar o nome de Caxias do Sul pelo Brasil e pelo mundo. Mas é também exemplo de uma mulher doce, sensível, aficionada por livros e romances e, principalmente, companheira, seja nas rodas de carteado com as amigas ou com os seus familiares. O segredo para suas conquistas, no entanto, Amábile não consegue esconder, mesmo com a sabedoria que colheu com a vida: a humildade.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: